• O que você esta procurando?

    » NATAL, A CIDADE DO SOL



    Redação Anuncifácil

     

    NATAL, A CIDADE DO SOL

     

    Reconhecida por sua qualidade de vida, Natal, a capital do Rio Grande do Norte, possui o ar mais puro e renovável do continente, belas dunas, lagoas, praias primitivas e urbanas, peculiar cultura, deliciosas comidas típicas, além de sua história que envolve muitas curiosidades. Natal é visitada por dois milhões de turistas ao ano, o que a torna a quinta cidade mais visitada do Brasil. O índice de chuvas é mínimo, com mais dias de sol por ano, por isso é denominada “Cidade do Sol”, uma garantia para os visitantes que procuram o nordeste como destino turístico para sua viagem de férias ou grandes comemorações, como a “Lua de Mel”, por exemplo.

    Sua história teve início com a chegada de uma frota comandada por Aires da Cunha, em 1539, a mando de D. João de Barros, o Rei de Portugal, que tinha como objetivo colonizar as terras da região. Mas a invasão foi frustrada, graças à resistência de índios e piratas traficantes de pau-brasil. Somente sessenta e dois anos mais tarde, exatamente no dia 25 de dezembro de 1597, o comandante português, Almirante Antônio da Costa Valente, tomava a região e estabelecia ali um forte sobre os arrecifes, hoje conhecido como o “Forte dos Reis Magos”, hoje um ícone na cidade de Natal.

    As Praias mais procuradas são as de Genipabu, com dunas de areias brancas, com a opção de passeios com buggys ou de Dromedários, como no deserto do Saara, na África, a praia Pitangui, com 6 km de dunas e coqueirais e as praias do Jacumã e Muriú. Na Lagoa de Pitangui, um oásis em meio a dunas, uma infra-estrutura com restaurantes, pedalinhos, caiaques, quiosques e espreguiçadeiras a beira da água. Existem também mais praias, desertas e selvagens a serem desbravadas pelo visitante, cada uma com um relevo diferente.

    Além das badaladas praias, o visitante pode aproveitar a Ladeira do Sol, uma região da cidade que conta com uma agitada vida noturna. Na Praia Ponta Negra, local de muitas pousadas, hotéis, restaurantes e bares, o turista pode apreciar a música e a gastronomia local. Na Praia da Pipa, pode-se fazer um passeio de barco e visitar as piscinas naturais que se formam a 1 km da costa com direito a mergulho. Também ao Sul de Natal está localizada a Barreira do Inferno, que é à base de lançamento de foguetes do Brasil que é controlada pela Aeronáutica.

    O clima da cidade é o tropical úmido, com temperatura média em torno de 28 °C. Devido a sua proximidade com a Linha do Equador, alguns dias na capital potiguar, chegam a ter 15 horas de sol seguidas.

    O Carnatal é o evento mais popular (carnaval fora de época), que ocorre todos os anos na cidade. A programação inclui muitos tipos de gêneros musicais, dentre os quais o axé music é o mais executado. A Ribeira é um bairro, centro cultural e patrimônio histórico da cidade, que mostra a tradicional arquitetura do período colonial brasileiro e inúmeras ruelas. Na Ribeira encontra-se o maior teatro do Estado, o Teatro Alberto Maranhão, bem como a Casa da Ribeira e a Rua Chile, famosas pelos eventos culturais "alternativos" e local de encontro de várias tribos como os punks e roqueiros. Outros pontos turísticos são: a Coluna Capitolina, uma coluna romana doada por Benito Mussolini, ditador da Itália, à cidade, a Rampa, um antigo local de embarque e desembarque de hidroaviões e ponto de encontro entre Getúlio Vargas e Roosevelt durante a Segunda Guerra, o Morro do Careca, um dos principais cartões-postais da cidade, uma duna de mais de 80 metros de altura localizada na Praia de Ponta Negra, o Museu Câmara Cascudo, que tem por missão divulgar os patrimônios histórico, natural, cultural e, principalmente, folclórico do Rio Grande do Norte, o Casarão de Luís da Câmara Cascudo, o prédio da prefeitura, que fica na esquina mais bonita de Natal, e o Forte dos Reis Magos. No Centro de Turismo (um antigo presídio reformado), o turista encontra o rico artesanato local.

    Natal possui algumas particularidades na sua história e na sua cultura, foi chamada Nova Amsterdã no período de 1633 a 1654, durante o domínio holandês, na Segunda Guerra Mundial, foi base dos aliados no controle do Atlântico Sul, por isso também foi chamada de “Trampolim da Vitória”, é a cidade do Nordeste com a maior quantidade de veículos importados em relação à frota, possui a maior ponte estaiada (um tipo de ponte suspensa) do Brasil, a Ponte Newton Navarro, foi à primeira cidade brasileira a conhecer o chiclete, Natal foi à primeira cidade do Brasil a conhecer a Coca-Cola.

    Por tudo isso e algo a mais, Natal é um dos melhores destinos turísticos do Brasil e espera o visitante de braços abertos em qualquer época do ano, uma opção de viagem para você e sua família nesse verão. Aproveite a oportunidade, consulte seu agente de viagens.

     

     

    Enio Trevizani

     

     

     

    Redação Anuncifácil


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook




     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB