• O que você esta procurando?

    » Petra: a Cidade Rosa



    Redação Anuncifácil

     

    Escolhida com uma das novas “7 Maravilhas do Mundo Contemporâneo”, Petra, na Jordânia, na divisa com Israel e outros países árabes, é um dos maiores sítios arqueológicos do planeta, um rico patrimônio da humanidade. Praticamente esta cidade esculpida nas rochas é o portão de entrada para o Oriente Médio. Chamada também de "Cidade Rosa”, é tão velha quanto o mundo, pois sua região já era ocupada por tribos nômades desde 1.200 a.C., mas somente no séc.III a.C., que os nabateus, um povo do deserto a transformou em cidade, esculpindo nas rochas das montanhas do deserto, em um desfiladeiro de cerca de 100 metros de altura, templos, mausoléus e teatros. Em seus 500 monumentos construídos a imagem do modelo arquitetônico greco-romano, com mais de 42 metros de altura e 30 de largura, com fachadas esculpidas em pedra rosada, há representações helenísticas de mulheres, cavalos e soldados, que levaram mais de 200 anos para serem finalizados. Peritos no domínio da hidráulica, os nabateus dotaram a cidade de um enorme sistema de túneis e de câmaras de água.


    A história de Petra é marcada por diversas guerras pelo domínio da região, por se tratar de uma importante rota comercial, inúmeros povos tentaram dominá-la para controlar o comércio entre a Península Arábica e Damasco, na Síria, desde os israelitas até os persas, sendo incorporada finalmente pelos romanos no ano 64 a.C.. No decorrer dos séculos que se seguiram, a cidade foi destruída várias vezes por terremotos e devido à criação de novos caminhos alternativos para as caravanas evitarem as altas taxas de pedágios que os romanos cobravam para atravessá-la, Petra caiu em decadência e foi abandonada no ano de 363 d.C, caindo no esquecimento por cerca de mil e quinhentos anos, sendo visitada esporadicamente por ricos sultões árabes, durante a idade média, que desejavam ver com os próprios olhos, a lenda da “cidade esculpida em pedra rosa”.


    Somente em 1812, Petra foi redescoberta para mundo ocidental pelo explorador suíço Johann Ludwig Burckhardt, que também foi um dos primeiros europeus que vieram a conhecer as cidades sagradas dos árabes, Meca e Medina e os templos egípcios do Faraó Ramsés II e sua esposa Nefertari. Logo a cidade de pedra foi estudada cientificamente pelos arqueólogos, que acabou por despertar interesse de aventureiros e curiosos do mundo inteiro.

    Possuidora de muitas lendas e mitos, hoje Petra é lembrada sempre que possível nas obras de ficção hollywoodianas, como no filme de George Lucas, “Indiana Jones e a Ultima Cruzada” de 1989, que a usou como cenário das aventuras do herói e arqueólogo, interpretado pelo ator Harrison Ford. A Rede Globo de Televisão também se aproveitou da magnífica paisagem da Cidade Rosa, na produção de sua nova novela das 21h, intitulada de “Viver a Vida” de Manoel Braga, que nos mostrou Petra, como um dos destinos turísticos mais fascinantes do mundo, tendo as atrizes Aline Morais e Thaís Araújo enfeitando ainda mais este patrimônio da humanidade.

     

    Enio Trevizani

     


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook




     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB