• O que você esta procurando?

    » WhatsApp bane mais de mil contas no país após denúncias recebidas pelo TSE



    Redação Anuncifácil

     

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o WhatsApp baniram, na quinta-feira (19/11), mais de mil contas denunciadas por suspeita de disparos de mensagens em massa no aplicativo, logo após o primeiro turno das eleições municipais.

    A plataforma de denúncias é uma das iniciativas da parceria estabelecida entre o TSE e a plataforma para combater a vitalidade e as notícias falsas durante as eleições, no contexto do Programa de Enfrentamento à Desinformação da corte eleitoral.

    Durante o período de 27 de setembro a 15 de novembro, o WhatsApp recebeu 4.630 denúncias para verificação de possíveis violações no Termos de Serviços da empresa. Das 3.236 contas válidas identificadas, 1.004 foram banidas, número correspondente a 31% das contas válidas enviadas pelo TSE.

    Entre as contas banidas, mais de 63% haviam sido bloqueadas de forma automática pelo sistema de integridade da plataforma, antes mesmo de serem reportadas.

    “O disparo em massa de mensagens é uma prática proibida, passível de punição nas eleições. Os eleitores devem estar atentos e denunciar atividades suspeitas que desequilibrem o processo eleitoral”, afirmou Aline Osório, secretária-geral da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral.

    Além do canal de denúncias, a parceria entre o órgão e o WhatsApp inclui também três iniciativas: a criação de um chatbot para facilitar o acesso dos eleitores a informações relevantes sobre as eleições, a realização de cursos de capacitação para servidores dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) sobre como combater a desinformação nas plataformas digitais, e a disponibilização de um pacote de figurinhas para incentivar o engajamento dos eleitores no processo eleitoral. (Metrópoles)


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook




     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB