• O que você esta procurando?

    » Brasil consome 2,3 bilhões de miojos por ano; alimento é levado até por Bolsonaro em viagens



    Redação Anuncifácil

     

     “Trouxe de novo [macarrão instantâneo ao Japão]. Se você quiser jantar comigo hoje”.

    O convite a um repórter da Folha de S. Paulo foi feito por Jair Bolsonaro em Tóquio, confirmando que o presidente tem o costume de levar macarrão instantâneo na bagagem e assim, driblar as comidas que não lhe agradam no exterior.

    A revelação, assim como as opiniões políticas que dividem os brasileiros, rachou o país (ou, pelo menos, a internet). De um lado, os amantes do miojo (e de Bolsonaro).

    Independentemente dessa briga, a verdade é que o Brasil todo consome e muito, macarrão instantâneo.

    Os brasileiros estão em 10º lugar no ranking dos países que mais consomem o produto.

    De acordo com a Wina, que é a Associação Mundial do Macarrão Instantâneo (sim, existe uma associação do miojo!), o país consome 2,3 bilhões de porções do produto por ano. Ou seja, cada brasileiro come, em média, 11,6 porções por ano, quase uma vez por mês.

    E quais os campeões mundiais no consumo? O país no topo do ranking é a China, com 40,2 bilhões de porções por ano. Em seguida vem a Indonésia (12,5 bilhões), Índia (6 bilhões) e o Japão (5,7 bilhões).

    Além do Brasil, não há outros países latino-americanos no ranking dos 10 maiores consumidores. O México é o próximo país da região a aparecer na lista, na 15ª colocação.

    “Esperamos que a o macarrão instantâneo se espalhe pela América do Sul em breve”, diz a Wina no seu site.

    O sabor de macarrão instantâneo mais vendido no Brasil é o de galinha caipira. “Os brasileiros preferem um forte sabor salgado”, afirma a associação. “Também gostam de uma sopa cremosa e a textura do noodle [macarrão oriental] é semelhante à do macarrão tradicional”.

    O miojo foi criado em agosto de 1958, pelo japonês Momofuku Ando, fundador da Nissin Foods, que percebeu a demanda por um alimento de fácil preparação e que fosse barato. Ele estabeleceu cinco princípios para o macarrão instantâneo: ele deve ser gostoso, seguro, prático, durar um longo tempo e ter preço acessível.

    Fonte: 6 Minutos


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook




     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB