• O que você esta procurando?

    » Final de romance entre padre e jovem em Cambé acaba em prisão após ameaças



    Redação Anuncifácil

     

    Um padre foi preso por ameaçar sua amante em Cambé, no norte do Paraná, no último domingo (8).

    Segundo a Polícia Civil, a jovem de 20 anos colocou um fim no relacionamento com o padre, no entanto, ele não aceitou e declarou que iria publicar fotos íntimas da vítima nas redes sociais caso ela insistisse em acabar com o namoro.

    Na segunda-feira (9), ele foi liberado depois de pagar um mil e quinhentos reais de fiança.

    O vítima contou à polícia que conheceu o padre aos 15 anos em Campina da Lagoa, no noroeste do estado e desde então os dois tinham um relacionamento amoroso.

    “Segundo a versão dela, com 15 anos, ela estava passando por problemas psicológicos e aí falaram pra ela procurar o padre, que tinha chegado um padre novo na cidade e ele estava estudando psicologia. Aí, surgiu uma amizade entre eles, amizade com ela, amizade com a família dela e depois essa amizade acabou virando um relacionamento amoroso”, explicou o delegado Roberto Fernandes.

    Ainda conforme o depoimento da garota, ela estava tentando romper com o padre há um certo tempo, mas não conseguia porque ele ameaçava contar sobre o namoro dos dois e quando ela finalmente tomou coragem, ele declarou que iria publicar as fotos.

    “As ameaças foram aumentando a ponto de ele informar a ela que se não reatasse o relacionamento com ele, ele ia colocar as fotos íntimas que ela havia encaminhado pra ele nas redes sociais“, disse o delegado.

    Padre não quis se manifestar

    O padre foi preso em flagrante e preferiu manter silêncio na delegacia. A igreja também não se manifestou sobre o caso.

    O caso será investigado. (Com informações da RIC Mais)


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook




     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB