• O que você esta procurando?

    » Campanha de conscientização sobre a importância e a doação de leite materno



    Redação Anuncifácil

     

    A campanha "Agosto Dourado" criada em homenagem à Semana Mundial da Amamentação, comemorada anualmente entre 1º e 7 de agosto, tem objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância da amamentação. A Lei 13.435/2017 prevê a iluminação de prédios públicos com a cor dourada, a promoção de palestras e eventos e a divulgação de informações no rádio, na TV e na internet sobre os benefícios do aleitamento materno.

    Mas, como algo tão importante merece mais que 7 dias de atenção, o mês de agosto inteiro passou a ser dedicado à conscientização do assunto e à troca de experiência entre mães que estão vivendo a fase do aleitamento.

    O aleitamento materno não é só uma oportunidade de estreitar os laços entre mãe e bebê. Na verdade, a amamentação está ligada à nutrição, a segurança alimentar e até mesmo à redução da pobreza.

    O leite materno deveria ser o único alimento para o bebê até os seis meses de vida, segundo especialistas. Isso porque o leite materno é capaz de prevenir doenças, reduzir a mortalidade infantil e de fortalecer o sistema imunológico das crianças.

    Responsável pela campanha em Cornélio Procópio, a enfermeira obstetra Marina Silva, do Departamento de Medicina de Mulheres da Santa Casa de Misericórdia, que participa da campanha, desde 2003 que o hospital passou a dar mais atenção ao tema em relação à questão do aleitamento materno, a campanha se alastrou pelo mundo e hoje mais de cento e vinte países participam.

    Para 2019, o tema da campanha é o “Empoderamento Feminino” e o objetivo e incentivar as mães a amamentarem seus filhos, como também a incentivar mais ainda as doações, que no ano passado foi um sucesso.

    Franciele, uma jovem mãe que recebe o apoio da equipe de enfermagem da Santa Casa, que possuiu uma sala especial para atendimento, relatou que às vezes as pessoas pensam que a amamentação vem de forma natural, sem problemas, mas isso não acontece de forma geral, ficando as mães abaladas e preocupadas com seus bebês, mas com a ajuda, através da informação, do carinho, das dicas e técnicas, como fazem as enfermeiras, dando segurança emocional, a necessidade da amamentação se torna possível, tendo ela só o que agradecer pela campanha.

    A enfermeira Vivian, que faz parte da equipe que presta apoio às mães, disse que não a maior angustia de uma mãe é não poder amamentar seus filhos e quando isso não é possível, a doação de leite materno, principalmente aos bebês que estão internados na UTI neonatal, é de vital para a sobrevivência.

    A doação é fundamental para essas crianças e quem puder ajudar, favor entrar em contato com a Santa Casa pelo telefone (43) 3520.1600, pois um miligrama deste leite pode salvar uma vida, informou A enfermeira Vivian.

    O leite materno doado é encaminhado para o Banco de Leite em Londrina, onde passa por um processo de pasteurização e posteriormente é usado na UTI neonatal, porém a demanda é muito grande, chegando a vinte e cinco litros usados em apenas um mês, portanto, a Santa Casa precisa de um número maior de doadoras para suprir a necessidade dos recém-nascidos internados.

    A UTI neonatal funciona o ano todo e há períodos que a Santa Casa conta com apenas uma doadora, quando o ideal é ter pelo menos quinze e a sociedade poderia se conscientizar para ajudar a salvar vidas, pois o leite materno é rico em propriedades nutricionais adequadas para os recém-nascidos, além dos fatores imunológicos que protegerem os bebês das doenças.

    As mulheres interessadas em doar leite materno podem ir até a Santa Casa, onde serão orientadas pelas enfermeiras e na sequência receberão um kit amamentação já esterilizado para a retirada, que pode ser feita tanto no hospital como em suas casas.

    Se as coletas forem feitas em suas residências, onde o mesmo kit pode ser usado até encher o frasco, as doadoras podem guardar o leite na geladeira por até sete dias antes de encaminhar para a UTI neonatal. Caso não possam levar, o hospital se responsabilizará em buscar, basta entrar em contato pelo telefone descrito acima informando endereço e o melhor horário para a retirada.


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook




     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB