• O que você esta procurando?

    » Mulher é presa com aparelho celular que seria entregue para filho na Cadeia de Cornélio Procópio



    Redação Anuncifácil

     

    Segundo o SGT Alves da Polícia Militar de Cornélio Procópio, na manhã de quinta-feira (23), por volta das 10 horas, foi solicitada a presença de uma equipe de Rádio Patrulha na Cadeia Pública da cidade, onde uma senhora foi flagrada com um aparelho celular que ela tentaria entregar para um detento.

    De acordo com o SGT Alves, no mini presídio, os policiais foram informados que uma agente carcerária logo notou que a mulher trazia o celular escondidos em suas vestes e durante a revista íntima, ainda tentou passar o aparelho para outra senhora.

    Questionada, a mulher disse que não sabia que era proibido levar este tipo de objeto para os detentos, afirmando que iria entregar o aparelho ao filho, que se encontra preso, mas a mesma possuiu passagens e tem total conhecimento dos procedimentos em relação a segurança dos presídios, informou o SGT Alves.

    Diante do fato, a mulher recebeu voz de prisão e antes de ser encaminhada para a delegacia de Polícia Civil para o devido procedimento, ameaçou os agentes carcerários, afirmando que aquela situação não terminaria por ali, o que não intimidou ninguém, finalizou o SGT Alves.

    Segundo o SGT Alves da Polícia Militar de Cornélio Procópio, na manhã de quinta-feira (23), por volta das 10 horas, foi solicitada a presença de uma equipe de Rádio Patrulha na Cadeia Pública da cidade, onde uma senhora foi flagrada com um aparelho celular que ela tentaria entregar para um detento.

    De acordo com o SGT Alves, no mini presídio, os policiais foram informados que uma agente carcerária logo notou que a mulher trazia o celular escondidos em suas vestes e durante a revista íntima, ainda tentou passar o aparelho para outra senhora.

    Questionada, a mulher disse que não sabia que era proibido levar este tipo de objeto para os detentos, afirmando que iria entregar o aparelho ao filho, que se encontra preso, mas a mesma possuiu passagens e tem total conhecimento dos procedimentos em relação a segurança dos presídios, informou o SGT Alves.

    Diante do fato, a mulher recebeu voz de prisão e antes de ser encaminhada para a delegacia de Polícia Civil para o devido procedimento, ameaçou os agentes carcerários, afirmando que aquela situação não terminaria por ali, o que não intimidou ninguém, finalizou o SGT Alves.

     


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook




     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB