• O que você esta procurando?

    » TRAGÉDIA: Em C. Procópio, duas senhoras morrem em incêndio residencial no Jardim Pérola



    Redação Anuncifácil

     

    Na madrugada de sexta-feira (13), em C. Procópio, policiais militares, homens do Corpo de Bombeiros e equipes de socorro se esforçaram para salvar três moradores de uma residência em chamas na Rua General Euclides Zenóbio da Costa, no Jardim Pérola, mas infelizmente duas pessoas morreram.

    A Polícia Militar foi avisada do incêndio por volta das 1h15, sendo a equipe do Sargento Carlos a primeira a chegar ao local e a grande preocupação, era tirar as vítimas de dentro da casa o mais rápido possível, onde foi preciso derrubar um portão.

    De acordo com o SGT Carlos, com a chegada dos bombeiros, PMs e os homens de combate a incêndios entraram na casa, resgatando a princípio um senhor, de nome Francisco, de 61 anos de idade, que apresentava ferimentos nos joelhos, causados por uma queda no interior da casa enquanto fugia do fogo.

    A residência já estava tomada pelas chamas e sabendo que existiam mais duas pessoas ainda em seu interior, policiais militares e bombeiros, arriscando as suas próprias vidas, foram em frente e conseguiram resgatar mais uma vítima com vida, uma senhora, de nome Francisca Meireles Duarte, de 73 anos, sogra do senhor Francisco, que se encontrava inconsciente, relatou o SGT Carlos.

    Em uma batalha contra o tempo, quebrando vidros das janelas e abrindo portas tentando ventilar o local, PMs e bombeiros chegaram à terceira vítima, de nome Lenira Duarte Palácios, de 58 anos, esposa do Sr. Francisco, mas ela já estava sem vida.

    Pouco depois, apesar dos esforços das equipes de socorro, a Sra. Francisca veio a óbito em decorrência da inalação da fumaça, informou o SGT Carlos, baseado no parecer do médico que atendeu a vítima no local.

    Conforme relato do Sr. Francisco, que posteriormemnte foi levado para o pronto socorro, o fogo provavelmente se iniciou em um escritório improvisado, ao lado dos quartos onde dormiam o casal e a sogra.

    Neste quarto havia computadores e outros equipamentos elétricos que dificultava tanto o acesso de saída como de entrada dos morados, informou o Sr. Francisco aos policiais e bombeiros, disse o SGT Carlos.

    Alguns policiais militares e bombeiros que participaram do salvamento precisaram fazer uma avaliação médica e passar por inalação, inclusive um PM ficou ferido, com um corte profundo no supercílio, causado por barra de ferro de ferro de uma janela, que ele tentava abrir para ventilar o ar.

    A Polícia Civil foi acionada para os devidos procedimento e encaminhamento dos corpos das vítimas ao Instituto Médico Legal de Londrina (IML). Um inquérito deve ser instaurado para apurar as causas do incêndio, revelou o SGT Carlos.

    Segundo o Subtenente Nicolau, que coordenou a equipe dos bombeiros, foi preciso dois caminhões para controlar o fogo e até a ajuda de populares para derrubar o portão da casa.

    A ajuda da equipe do Sargento Carlos PM e de um rapaz que informava onde poderia encontrar as vítimas foi primordial, salientou o subtenente.

    O trabalho foi árduo, o calor era intenso, a visibilidade mínima e apesar de estarem usando equipamentos de segurança contra a fumaça, os bombeiros tiveram muita dificuldade, visto que a casa era grande, com muitos corredores estreitos, havendo o risco de um dos integrantes da equipe de salvamento ficar preso, revelou Nicolau.

    Após a retirada dos corpos das senhoras que foram encontrados na cozinha do imóvel e em um banheiro, os bombeiros conseguiram controlar o incêndio trabalhando em duas linhas de ação.

    O fogo foi extinto horas depois, mas a equipe deve retornar ao local na manhã de sexta-feira para uma melhor avaliação com ajuda da luz do sol, informou o bombeiro.

     

    Lamentando a morte das senhoras, o SBT Nicolau finalizou agradecendo em nome do Corpo de bombeiros as equipes de socorro, a população e principalmente a equipe do SGT Carlos, que não mediu esforços e se empenhou de forma única e corajosa.

     

    Cabe salientar que as vítimas são de uma família conhecida em Cornélio Procópio. O Sr. Francisco é diretor administrativo da tradicional Escola Ruy Barbosa, localizada na área central da cidade e todos nós lamentamos tal fatalidade, declarando nossos sinceros votos de pêsames aos familiares.

     

     

     


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook




     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB