O que você esta procurando?

» Avó do recém nascido que teve o braço fraturado durante parto cede entrevista ao repórter da Rádio Milenium FM de Uraí


12068 visualizações

Em entrevista concedida ao repórter Walter Lozano da Rádio Milenium FM, Dona Jucilene, a avó da criança que teve o braço fraturado durante o nascimento na Santa Casa de Uraí, declarou que estando a par da dificuldade que sua filha passaria durante o parto, devido ao tamanho da criança e por a jovem esta pesando quase cem quilos, ela procurou por médicos que fizessem uma cesariana na moça no posto médico da cidade, porém não obteve êxito, sendo encaminhada ao hospital municipal daquela cidade.

 

Na Santa Casa à senhora foi informada que os responsáveis pelo atendimento daquele local não poderiam liberar a autorização para o procedimento médico, que este só seria concedido pelo cirurgião responsável em sua clínica particular. Encaminhado-se para a referida clínica, ao chegar Jocelene novamente foi informada que só na Santa Casa ela poderia obter o documento. Voltando ao hospital municipal a avó da criança recebeu o a liberação, sendo lhe dito que trouxesse a gestante no dia seguinte.

 

No dia seguinte a senhora levou sua filha que já estava sentindo dores para a Santa Casa, a jovem foi recebida pelos atendentes que a medicaram. A gestante foi encaminhada para a sala de parto por apenas uma enfermeira, sem o acompanhamento de um médico responsável, mesmo estando cientes da gravidade da gestação da jovem mãe de 23 anos e ao perceber a movimentação, Dona Jucilene se encaminhou para a sala onde viu a sua filha sofrendo dificuldades durante o procedimento. A criança não saiu direito ficando presa, no desespero a enfermeira pediu por ajuda e outros atendentes do hospital foram em socorro e na luta para tirar a criança acabaram por quebrar o braço do recém nascido e causando ferimentos na mãe do bebê. No momento Dona Jucilene não percebeu o fato e nem foi informada do erro, sendo lhe dito por sua filha no outro dia.

 

Com o braço faturado a criança não recebeu a devida atenção pelos funcionários do hospital, acusa dona Jucilene, declarando que até os remédios foram comprados pela família. Devido à displicência da Santa Casa como também da Secretaria de Saúde local, a qual nem ao mesmo indicaram um ortopedista para o bebê que chorava o tempo todo incomodado pelas dores que sentia, a senhora registrou um boletim de ocorrência contra a instituição, no intuito de chamar a atenção das autoridades, como também da opinião pública, revelando à população a total falta de estrutura que o hospital municipal passa no momento, como também a inexistência de solidariedade para com um recém nascido, no qual sofria com um mal causado por eles mesmos.

 

Dona Jucilene não deseja que outras pessoas passem o que ela passou com sua filha e neto e espera que alguma coisa seja feita para sanar os problemas da Santa Casa, como também dos postos de saúde que se encontram abandonados, conforme declarou ao repórter Walter Lázaro.

 

De acordo com a declaração de Juliana Matta a Rádio Milenium FM, a policial civil que registrou o boletim de ocorrência e ficou sensibilizada com a situação de Dona Jucilene, ela procurou a Secretaria de Saúde de Uraí, onde foi informada que o bebe só poderia receber atendimento após aguardar um certo período. Juliana que também é mãe de dois filhos, comovida com o sofrimento do recém nascido, procurou seus pais e um tio, que em um gesto humanitário de ajuda, pagaram uma consulta em um ortopedista em Cornélio Procópio e encaminharam o recém nascido, que foi atendido prontamente pelo especialista, no qual informou que se esperassem mais, certamente o bebê teria sequelas e cresceria com o braço defeituoso.


Comunicado da Santa Casa de Uraí sobre o caso do recém nascido que teve o braço fraturado durante parto

 

A Santa Casa de Uraí emitiu uma nota oficial sobre o caso do recém nascido que teve o braço fraturando durante o parto. A avó da criança acusou a instituição pelo erro médico e procurou as autoridades para divulgar o acontecido, para tal o hospital municipal enviou aos principais meios de comunicação da região, uma nota esclarecendo do ocorrido com a seguinte informação:

 

“Ficamos muito tristes com o acontecido com o bebê e prometemos que vamos instaurar um processo administrativo para apurar o caso, lamentamos profundamente, mas não temos culpa do fato, pois pagamos os profissionais para estarem presentes e também para prestarem o melhor serviço, pois usamos recursos públicos do município e federal (SUS), com certeza a diretoria irá dar uma resposta a este caso lamentável, infelizmente não podemos estar presentes em todos os momentos na entidade, pois doamos o pouco de tempo que temos para a instituição, e que sempre estamos fazendo o possível para que a entidade esteja de portas aberta, estaremos reunidos para tomar as devidas e necessárias providências para apurar este fato e evitar que outros venham a acontecer.”

 

Redação Anuncifácil / Com Informações e Fotos Walter Lozano

 

Acompanhe a entrevista com a Jocelene avó

Juliana Matta Comovida com o caso também falou ouça

 

» Veja Fotos





» Curta a página do site Anuncifácil no Facebook



 


»Classificados


»Publicidades


Comentários(21)

 

Postagem em questão: “Avó do recém nascido que teve o braço fraturado durante parto cede entrevista ao repórter da Rádio Milenium FM de Uraí”

  1. 23-03-2012 às 07:43:03 1

    Uraiense de Uraí disse:

    Isso é um absurdo pelo amor de Deus, como que acontece uma situação dessa, cadê o dinheiro que vem para a instituição? Cadê os médicos competentes que atendem na Santa Casa. Quando vai melhorar? Quando o atendimento vai ser digno? O que vai ser dos pobres, das pessoas humildes, eles não podem nem contar com a saúde publica. URAÍ está vergonhoso, SAÚDE está vergonhosa, FUNCIONARIOS cadê a competencia? Deus abençõe esse ser que chegou ao mundo com sofrimento...

  1. 23-03-2012 às 09:58:02 2

    Cezar de Londrina disse:

    É um parto complicado, analisando o bebe e a mãe, em caso como estes.. as vezes os bebe tem os ombros largos e não passa na pelve. Com isso os médicos deslocam a clavicula do bebe para ele passar.....mas o bebê é muito frágil...possivelmente pode se lesar a clavícula. Não é incompetência é um procedimento, para salvar os dois, é não tão raro.

  1. 23-03-2012 às 10:24:06 3

    Renata de Cornélio Procópio disse:

    Meu Deus que mundo é esse? Deixar que acontença isso com um recém nascido, cadê os médicos ? o dinheiro publico? .Se fosse uma pessoa da classe alta, pode ter certeza que o atendimento seria outro. É um absurdo , onde fica o direito humano?Á cima de tudo é uma vida que esta chegando e jamais poderia ter acontecido isso, que Deus ilumine e proteja esse ser tão especial que acabou de chegar ao mundo.

  1. 23-03-2012 às 11:30:35 4

    Morena de Sta Mariana disse:

    Concordo completamte c/ vc Uraiense, a saúde está uma VERGONHA, aki em Sta Mariana, os médicos são concursados p/ exercerem suas atividades em 20 h semanais e tem um certo "médico" q/ faz essas horas no mes, chega as 10 e sai as 11:00, as pessoas nem skentam a cadeira,dá p/ ser atendida em pé msm .Qdo vai melhorar? Acho q/ nca pois as pessoas estão a cda dia se preocupando menos c/ os próximos, eles agem assim pq qdo um da casa deles fica doente eles correm p/ Londrina e são atendidos pelos melhores médicos, se dependessem do SUS acho q/ seriam um pouco mais humanos.E o pior de tdo é q/ o citado médico tem clinica em Cornélio e lá atende bem, será q/ a medicina q/ ele fez p/ atender no consultório particular dele não é a mesma q/ ele usa p/ atender pelo SUS? se acha q/ recebe pouco cai fora e dá a vaga p/ um q/ ame o q/ faz e atenda melhor as pessoas.Afinal tdos nós pagamos por isso.

  1. 23-03-2012 às 12:01:14 5

    PROCOPENSE de C. PROCOPIO disse:

    CAROS COMPANHEIROS E AUTORIDADES, VEREADORES; PREFEITOS E GOVERNANTES. CADE O DINHEIRO DO TAO COBICADO (IOF) QUE SERIA EXCLUSIVAMENTE PARA A SAUDE. SEI PERFEITAMENTE QUAL SAUDE VAI ESSE DINHEIRO.ESSE NENEM AI QUE DEUS O ABENCOE, POIS ELE ESTARA SEMPRE EM NOSSAS ORACOES.

  1. 23-03-2012 às 12:32:26 6

    aglae fabiane da silva de cornelio procopio disse:

    a enfermeira nao tem culpa culpados sao ospoderes que nao fazem nada pela saude e o pobre sofre as concequencias por falta de pessoas respocaveis a enpermeira foi muito profissional pois poderiam morrer a mae e filho ja pensaram nisso ????????????????????????????????????????

  1. 23-03-2012 às 14:40:55 7

    antonio de C.Procopio - PR disse:

    É impressionante. O tempo passa, cinco, dez, vinte anos.Nada muda. O brasileiro é quem mais paga impostos e não vê o dinheiro ser aplicado naquilo que devia atender as necessidades básicas da população..

  1. 23-03-2012 às 20:37:31 8

    Alguém de CP de cornelio procopio disse:

    meu deus isso é um absurdo meu quem foi os cavalos que fizeram tamanha crueldade com essa criança
    só tenho uma coisa pra dizer não estão afim de trabalhar de lugar a quem realmente quer...
    e se forem continuar por favor tratem bem os pacientes publicos como voces tratam aqueles que pagam um absurdo em seus consultorios pois são gente da mesma maneira

  1. 24-03-2012 às 00:11:58 9

    marcio de CORNELIO disse:

    POR FAVOR PROCESSEM ESSE HOSPITAL, TIREM MUITO DINHEIRO COM A INDENIZAÇAO P/ NUNCA MAIS ESSES PESSIMOS PROFISSIONAIS FAZER ISSO NOVAMENTE, POIS SO QDO SENTEM NO BOLSO ELES APRENDEM.

  1. 24-03-2012 às 01:28:12 10

    edinei de urai disse:

    é um absurdo ouvir estas respostas dos atuais administradores da santa casa de urai, depois que fiquei sabendo que o atual prefeito esta rea verba a mais a esta entidade, e pelo que estamos vivenciando, e infelismente passando, não tem resolvido nada eu lhes pergunto (é situação de fecharmos , ou envestirmos só no posto de saúde) uma ambulância de plantão um médico plantonista, um enfermeiros que por sinal são muitos competentes, eu acho que na atual situação é melhor, partimos pra um consorcio sério , por que entendo a atual situação do nosso brasil pagamos poucos impostos , e temos que concordar com esta situação ( istó é uma vergonha , mais vamos que vamos brasi, lia copa do mundo, e tudo mais ( mais um horror de roubo) se eu não for estéril vou fazer filho e votar no pt, e tomar breja, e viva o lula criador do pt

  1. 24-03-2012 às 10:02:57 11

    anonimo de sertaneja disse:

    Onde estava o médico na hora do parto, sendo considerado de risco.

    Fica cpmplicado fazer bem o trabalho com a equipe reduzida...

    Deus abençõe a criança.

  1. 24-03-2012 às 14:27:56 12

    pagador de impostos de urai disse:

    parabens aos que particparam do bem vindo ao mundo a esta inocente criança, quem tem corage de deixar uma instituição como esta na situaçao que esta , pensa em quem se não no seu propio umbigo . que deus tenha piedade de voces administradores ( prevençao é a maior ecônomia, invista primeiro em saúde depois é consequencia ) outra coisa por lei o médico plantonista tem que estar no hospital, seja atendendo ou num quarto particular para os medicos, mais fazerem jus ao seus salário, e não o paciente esperar a atendente chamar o medico em sua residencia , se o salario não compensa não trabalhe não, ignore ao juramento que fez , vamos denuncial ao mp, voces tem que estar de plantão e seus administradores serão cumprices

  1. 24-03-2012 às 19:47:06 13

    carlos de Urai disse:

    Agora vem o comunicado dizendo que naõ tem culpas.. Vcs tem que por profissionais capacitados afim estão cuidados de vidas de ser humanos e naõ de animais. Porque até os animais tem cuidades de profissionais capacitados. Qtos casos que ja aconteceu aqui e não foi para os meios de comunicação.

    Quero parabenizar essa vô pela coragem e determinação de ter feio essa denúnicia grave. Todos precisam denunciar as coisas erradas ,chegam de tampar sol com a peneira ....denuncia na Promotoria Publica

    Meio repudio a Santa Casa de Urai , a sua diretoria que vem escrupolosamente falar que naõ tem culpa. Que vergonha escrever uma nota desta . Vcs tem culpa sim e tem que ser punidos pela Promotoria Publica

  1. 24-03-2012 às 21:29:25 14

    Dario Fernando de Cornélio Procópio disse:

    "FIcamos muito tristes com o acontecido com o bebê.
    "Lamentamos profundamente,mas não temos culpa do fato"

    E verdade vocês não tem culpa sou em quem tem,e a mãe do bebê que tem,ou melhor o bebê que mal veio ao mundo e já esta sofrendo que tem.Temos culpa por ter nascido em um país em que o presidente (a) os governadores se preucupam mais em fazer estádios de futebol,pro mundo ver,enquanto sua própia nação sofre na pobreza,pedindo socorro,no fundo do posso com os impostos ,que sobre com a miséria que cerca cada vez mais a população BRASILEIRA,com a falta de emprego,a marginalidade crescendo cada vez mais.Dizem que quando não honramos o país em que vivemos não somos dignos de permanecer nele.Agora me dizem se honrar do que??. Eu digo de boca cheia TENHO VERGONHA OU MELHOR NOJO DOS POLÍTICOS DESTE PAÍS,SÓ VOU ME ORGULHAR DESTE LUGAR,quando eu ver que as pessoas mais necessitadas recebendo a etenção de devem,o respeito a dignidade.Tudo que um cidadão merece receber,como saúde,e não passar o que esse pequeno bebê passou.A eduação,o direito a uma moradia digna,a um bom emprego.Entre outras coisas. Que você possa crescer sem nem uma seqüela,por negligençia destes que chamamos de profissionais,e vai crescer.E que Deus te abençoe muito.

  1. 25-03-2012 às 08:31:23 15

    Luiz Carlos de Uraí disse:

    Poxa que mal que essa criança fez, para merecer tamanho sofrimento.....agora pergunto porque insistiram e fazer o parto normal se era um parto complicado.......e se tudo isso aconteceu porque não deram assistência medica e digna para essa criança, foi preciso a vó sair pela cidade a procura de socorro, e porque essa criança teve que esperar cinco dias pra ser medicada........(VOCES MERECEM CADEIA ISSO É TENTATIVA DE HOMICÍDIO) felizmente a criança foi mais forte do que esses assassinos,

  1. 25-03-2012 às 08:35:48 16

    Luiz Carlos de Uraí disse:

    Espero que o Defensor Público tome as providencias necessárias e que os culpados sejam punidos, porque isso não pode acontecer mais, estão mexendo com vidas humanas, o mínimo que se pode obter é JUSTIÇA,

  1. 25-03-2012 às 13:53:06 17

    lu de COMENTÁRIO 2 disse:

    AO COMENTÁRIO NUMERO 2 , ACHO QUE VC DEVE ENTENDER UM POUCO DO ASSUNTO?? ENTÃO SE VC DIZ QUE PODE ACONTECER ISSO...
    .PORQUE ENTÃO NÃO DERAM ASSISTÊNCIA PARA ESSE BEBE DEPOIS, ACREDITO QUE SE TIVESSEM FEITO TAL PROCEDIMENTO CIENTES QUE TERIA ESSA FRATURA , TB DAVAM CONTINUIDADE DEPOIS PARA O BEBE, E NÃO SERIA A AVÓ A DESCOBRIR.

  1. 25-03-2012 às 14:28:21 18

    Ex moradora de Cornélio Procópio disse:

    Já não e é a primeira vez que acontece casos de omissão a gestantes e bebês neste hospital, já houve inclusive casos de morte de mães e bebês, será que ja não chega disso, os médicos não acompanham os partos, as gestantes são atendidas somente por enfermeiras, Sr prefeito que ta fazendo tanta coisa pela cidade, da uma olhada também na saude pública. E outra coisa a santa casa lamentar não resolve nada, a coisa tinha que ser feita antes do acontecido, se eu fosse a familia processava esse hospital. Desculpem mas é um desabafo ja estamos cansados do descaso com a saúde pública, somos tratados feito animal.

  1. 25-03-2012 às 16:26:05 19

    bruno de sertaneja disse:

    esta santa casa esta uma vergonha ponha alguem com competencia

  1. 26-05-2012 às 14:38:37 20

    doutorcirurgias de Belem Pa disse:

    cada caso é um caso e tem que ser apurado. quem apura e vai punir os responsáveias são os conselhos de classe e o judiciario..o resto é balela e politicagem...fraturas em recem-nascido é mais comum do que se pensa..acontece em todo o planeta..há casos em hospitais universitários e nos paises mais ricos do mundo..triste mesmo é deixar o bebe ou a mae morrer ou os dois e olha commo acontece.. a fratura no bebe consolida rápido o pior é a lesão neurologica que pode ser permanente e pode acontecer..se um bandido lhe parar na rua e perguntar..quer um tiro na cabeça ou no braço ? o que vc escolhe..pois é.. as vezes o medico tem que fazer essa escolha para salvar o bebe..um abraço...

  1. 08-12-2012 às 23:34:50 21

    FAVIANA DA SILVA ANTUNES de foz do iguaçu disse:

    tA neste caso os medicos caem fora o meu bebe aconteseu isto eu estou muito triste por ter acontesido isto com ele nen sei como cuidar dele

Mande um comentário

 

Diga-nos o que esta pensando...
Sua participação é muito importante para nós!

Termos de uso

O conteúdo dos comentários postados pelos leitores neste site é única e exclusivamente  de responsabilidade dos autores e não representam, de maneira alguma, a posição ou opinião da redação do AnunciFácil. A edição também se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno ou tenha conteúdo impróprio.

As imagens postadas neste site têm como objetivo a informação de forma austera e servem de alerta para a conscientização da sociedade quanto aos riscos de acidentes sejam em quaisquer circunstâncias, preservando as vítimas da exposição imprudente, como também mostrar o difícil trabalho dos profissionais voltados ao resgate, saúde e segurança pública, deixando de lado o sensacionalismo e promovendo o jornalismo ético.

»Publicidades

  • Avó do recém nascido que teve o braço fraturado durante parto cede entrevista ao repórter da Rádio Milenium FM de Uraí
Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Fone:(43)9982-2633 Tinti - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWeb.com.br - contato@abusarweb.com.br
Usuarios Online